Aprendi que não temos limites para sermos felizes o importante mesmo é sempre buscar o que for necessário para essa felicidade que tanto procuramos, tudo depende de nós, só bastar querer! Agradeço aos meus santos e guias por que neles eu encontro uma felicidade muito especial e que através deles o meu contato com Deus e muito mais gratificante! A Casa da Estrela Guia é uma forma de agradecimento a eles! Obrigada!


Seja Bem vindo!!

Independente de qual for sua religião ou crença, sendo Espírita, Católico, Protestante, Evangélico, Kardecista, Budista, entre outras. Aqui neste espaço você encontrará Paz e Luz...


"De a quem você ama: Asas para voar, Raízes para voltar e Motivos para ficar.”Dalai Lama



Minha Meta: Divulgar o candomblé de todas as maneiras possíveis, de forma simples, clara e objetiva e Minha Missão: Ajudar os necessitados sem perguntas, fazendo o bem sem olhar a quem... - Alda da Oxum

Seguidores


Aqui começa mais uma etapa da minha Vida, que quero compartilhar com você. Neste Blog, espero ajudar muitos amigos, parentes e irmãos... Serve para quem sabe muito, pouco ou nada sobre o espiritismo. Ou seja, o Blog também será feito por você, caso tenha alguma dúvida, informação, oração, matérias, ou qualquer assunto sobre Candomblé ou Umbanda, mande para mim, pois um dia alguém precisará e terá aqui no Blog a sua informação. Desde já muito obrigada pela visita, pela ajuda e pelo carinho!


“O Candomblé não é responsável pelos absurdos praticados em seu nome, assim como Jesus Cristo não é responsável pelos absurdos que foram e que são praticados em Seu nome e em nome de seu Evangelho”.

quinta-feira, 24 de outubro de 2013

Guia – Uma Ferramenta da Umbanda





Muitos acham lindas as guias utilizadas pelos médiuns na Umbanda, porém não sabem o verdadeiro valor que a elas é atribuído.

As Guias são ferramentas utilizadas na Umbanda para a proteção do médium , mas também como fixador de energias. A Guia, ou Fio de Contas quando consagrado ele tem a função de ser um elo catalizador e desmagnetizador. Quando colocado ele puxa para si toda e qualquer energia diferente da dele, ou mesmo as negativas de forma impedir que estas energias cheguem no médium. Em alguns casos ela sobrecarrega tanto chegando a explodir. Caso este ele fez sua função, pois expulsou a energia negativa impedindo que esta chegue ao médium.

Algumas Guias também podem ter a função de catalizar energia, ou seja ela será consagrada com uma determinada energia e com isso toda vez que o médium a utilizar chamará esta energia para o médium. Por isso muitas entidades pedem uma Guia, ou Fio de Contas especifico, com numero e cor particular, catalizando nela a sua energia própria, para proteção e fixação desta energia em seu filho, facilitando os trabalhos. Assim o filho de fé carregará com sigo a energia de seu Guia mesmo quando não incorporado.

Este tipo de Guia quando estoura é porque o seu Guia defendeu-o de algum energia pesada, ou ainda uma demanda do tipo de missão do Guia. A guia tem o poder de elevação mental, facilitando certas vibrações em quem as utiliza.



A Consagração

As Guias ou Fios de Contas serão consagrados conforme as regras da casa. Algumas com ervas, fluidos, bebidas e velas. Porém a Guia deve ser sempre consagrada individualmente, pois cada filho terá uma energia diferente e cada filho uma necessidade diferente mesmo com o mesmo estilo de Guia ou segurança. Por isso somente o médium e entidade incorporada deve tocar nestas Guias. Para não misturar outros tipos de energias nelas.

Na consagração das Guias são incorporados a este ritual algumas técnicas bem especificas: Cromoterapia (utilização das cores), Numerologia (utilização de números) e a psicometria (o objeto fica envolvido pelas correntes mentais, é a capacidade de identificar a informação contida nos objetos, ambientes e pessoas, através da leitura das energias presentes nos mesmos).

O pensamento espalha nossas próprias emanações em toda parte a que se projeta. Deixamos vestígios espirituais, onde arremessamos os raios de nossa mente. Além disso a Guia nada mais é que um circulo magico. Usado por Magos e Bruxos de maneiras diferentes. Magos o utilizam para que mantenham entidades e espíritos do lado de fora, de forma a manter a segurança do mago. Já na Wicca é usado para manter a energia gerada durante um ritual ou feitiço dentro do círculo e para manter energias distintas do lado de fora, neste conceito o círculo não é usado para proteção mas para concentrar a energia gerada para determinado fim.

Por seu caráter iniciático e sacerdotal, possibilita assim ao praticante uma conexão com o divino sem o intermédio de outrem, ou seja, sem o intermédio de Mestres ou "Papas". Também não possui templos sagrados, construídos com pedras pelas mãos do homem ou de qualquer outro material. Nosso grande templo sagrado seria o Universo, sendo nossa casa o Planeta Terra. Mas nossos deuses não se manifestam em qualquer espaço, para isso fazemos uso do Círculo Mágico.



A Guia de Segurança

A segurança como é chamada pelos protetores, é um fio de contas, normalmente solicitado por entidades para segurar o médium ou assistente. Ela será confeccionada conforme solicitada pelo Guia, nas cores e números corretos. As guias de segurança normalmente são especificas de uma entidade por isso nunca serão iguais. Podem ter 7 Oxum em uma casa, nenhuma Guia será igual, cada entidade trabalha com cores, números, e a missão delas podem cruzar vibrações.

A segurança pode ser usada no dia dia, no trabalho, em casa. Tem a função de proteger, segurar, e afastar energias que o prejudiquem. Médiuns recebem normalmente a segurança com as cores do chefe da casa, quando vão entrar para Centro, fortalecendo este em sua caminhada.

Alguns assistente que consultam , também poderá ser solicitada quando necessitar de um para raios. Normalmente quando esta pessoa fica doente facilmente, pega energias pesadas, etc...

A Guia de Trabalho ou do Terreiro

Quando você entra para um Terreiro, além da segurança do chefe da casa, você terá uma Guia consagrada com as energias do Terreiro. Esta normalmente contendo as 7 linhas, 7 vibrações. São as energias essenciais para que você esteja bem protegido durante seu desenvolvimento e vivencias no Centro.

A Guia de Proteção do seus Guias e Protetores.

Conforme seu desenvolvimento e a sua necessidade, sua própria entidade solicitará uma Guia. Esta terá cores e números específicos da entidade, de sua linha, falange e quando cruzada terá mais de uma cor. Esta Guia será consagrada para sua entidade e nela serão fixadas energias específicas desta , servindo de fixador da vibração, catalisador e ainda repelindo energias negativas.

A Guia de Cruzamento

Não é regra, mas em algumas casa, conforme você vaia fazendo os cruzamentos de Umbanda , vai recebendo as Guias nas cores das energias dos reinos. Para fortalecimento das energias recebidas nesses rituais, e como identificação de que você tem determinado Axé!

Guia de Cacique

Guia normalmente composta de 3 a 8 fios. Ela contem as cores das entidades, firmada pela por da linha a qual pertence. Só pode ser confeccionada e utilizada por quem é pronto na Umbanda. Que já recebeu todos os Axés e cruzamentos desta lei. Na coroação o próprio "Pai de cabeça" da as cores que deverão serem confeccionadas e em quais bebidas, ervas e fluidos.



Cores das Guias

Existem cinco tipos de guias que tem cores e formato “padrão”.

•Branco e Verde – Caboclo
•Branco e Preto - Preto Velho
•Azul e Rosa – Crianças
•Vermelho e Preto – Exu
•Branco, Vermelho, Azul, Verde, Amarelo, Marrom e Roxo - 7 Linhas (Orixás)

Essas guias, modelo padrão, são encontradas nas lojas especializadas. E são feitas na contagem de sete contas de cada cor. Outros modelos de guias, só a pedido das entidades.


Obrigada pela visita e Volte sempre!!
Axé sempre em seus Caminhos!!!
Abraços!!

Alda da Oxum


Orixás

Orixás

Agradecimento


click to create your own


”Bem amados, intensificai vossas orações para que vosso planeta e vossos irmãos possam superar todos os obstáculos que se apresentam neste momento de transição.”


Postagens populares