Aprendi que não temos limites para sermos felizes o importante mesmo é sempre buscar o que for necessário para essa felicidade que tanto procuramos, tudo depende de nós, só bastar querer! Agradeço aos meus santos e guias por que neles eu encontro uma felicidade muito especial e que através deles o meu contato com Deus e muito mais gratificante! A Casa da Estrela Guia é uma forma de agradecimento a eles! Obrigada!


Seja Bem vindo!!

Independente de qual for sua religião ou crença, sendo Espírita, Católico, Protestante, Evangélico, Kardecista, Budista, entre outras. Aqui neste espaço você encontrará Paz e Luz...


"De a quem você ama: Asas para voar, Raízes para voltar e Motivos para ficar.”Dalai Lama



Minha Meta: Divulgar o candomblé de todas as maneiras possíveis, de forma simples, clara e objetiva e Minha Missão: Ajudar os necessitados sem perguntas, fazendo o bem sem olhar a quem... - Alda da Oxum

Seguidores


Aqui começa mais uma etapa da minha Vida, que quero compartilhar com você. Neste Blog, espero ajudar muitos amigos, parentes e irmãos... Serve para quem sabe muito, pouco ou nada sobre o espiritismo. Ou seja, o Blog também será feito por você, caso tenha alguma dúvida, informação, oração, matérias, ou qualquer assunto sobre Candomblé ou Umbanda, mande para mim, pois um dia alguém precisará e terá aqui no Blog a sua informação. Desde já muito obrigada pela visita, pela ajuda e pelo carinho!


“O Candomblé não é responsável pelos absurdos praticados em seu nome, assim como Jesus Cristo não é responsável pelos absurdos que foram e que são praticados em Seu nome e em nome de seu Evangelho”.

sexta-feira, 8 de maio de 2015

Oyá e Shangô tentam roubar as folhas de Ossayn



Cantamos:

"EWE KIKA KIKA OYA BALÉ Ô,
EWE KIKA KIKA OYA BALÉ
EWE LI OSAYN, EWE MI KO SILÉ
EWE KIKA KIKA OYA BALÉ "

Tradução:

"Numerosas Folhas Oya Varreu
Numerosas Folhas Oya Varreu
As Folhas são de OSAYN,
não as jogue no chão!
Numerosas Folhas Oya Varreu"

Osayn era o senhor das folhas, da ciência e das ervas, o orishá que conhece o segredo da cura e o mistério da vida.

Todos os orishás recorriam a Osayn para curar qualquer moléstia, qualquer mal do corpo. Todos dependiam de Osayn na luta contra a doença. Todos iam à casa de Osayn oferecer seus sacrifícios. Em troca Osayn lhes dava preparados mágicos: banhos, chás, infusões, pomadas, abô, beberagens. Curava as dores, as feridas, os sangramentos; as disenterias, os inchaços e fraturas; curava as pestes, febres, órgãos corrompidos, limpava a pele purulenta e o sangue pisado; livrava o corpo de todos os males.

Um dia Shangô, que era o deus da justiça, julgou que todos os Orishas deveriam compartilhar o poder de Osayn, conhecendo o segredo das ervas e o dom da cura. Shangô sentenciou que Osayn dividisse suas folhas com os outros Orishás. Mas ele negou-se a dividir suas folhas com os outros Orishás. Shangô então ordenou que Oya soltasse o vento e trouxesse ao seu palácio todas as folhas das matas de Osayn para que fossem distribuídas aos Orishás. Oya fez o que Shangô determinara. Gerou um furacão que derrubou as folhas das plantas e as arrastou pelo ar em direção ao palácio de Shangô. Osayn percebeu o que estava acontecendo e gritou: 

"Euê Uassá!"
"As folhas funcionam!"

Osayn ordenou às folhas que voltassem às suas matas e as folhas obedeceram às ordens de Osayn. Quase todas as folhas retornaram para Osayn. As que já estavam em poder de Shangô perderam o Ashé, perderam o poder da cura. O Orishá Rei, que era um orixá justo, admitiu a vitória de Osayn. Entendeu que o poder das Folhas devia ser exclusivo de Osayn e que assim devia permanecer através dos séculos. Osayn, contudo, deu uma folha para cada Orishá, deu uma ewê para cada um deles. Cada folha com seus ashés e seus efós, que são as cantigas de encantamento, sem as quais as folhas não funcionam. Osayn distribuiu as folhas aos orishás para que eles não mais o invejassem. Eles também podiam realizar proezas com as ervas, mas os segredos mais profundos ele guardou para si. Osayn não conta seus segredos para ninguém, Osayn nem mesmo fala. Fala por ele seu criado Arony. Os Orishás ficaram gratos a Osayn e sempre o reverenciam quando usam as folhas.

O ritual Sasanhe é para pedir que Osayn dê seu Ashé as folhas.

"AS FOLHAS SÃO SÓ DE OSAYN E DE ARONY. SOMENTE ELES SABEM O ASÉ DAS FOLHAS"


Obrigada pela visita e Volte sempre!!
Axé sempre em seus Caminhos!!!
Abraços!!

Alda d' Osun


Nenhum comentário:

Orixás

Orixás

Agradecimento


click to create your own


”Bem amados, intensificai vossas orações para que vosso planeta e vossos irmãos possam superar todos os obstáculos que se apresentam neste momento de transição.”


Postagens populares