Aprendi que não temos limites para sermos felizes o importante mesmo é sempre buscar o que for necessário para essa felicidade que tanto procuramos, tudo depende de nós, só bastar querer! Agradeço aos meus santos e guias por que neles eu encontro uma felicidade muito especial e que através deles o meu contato com Deus e muito mais gratificante! A Casa da Estrela Guia é uma forma de agradecimento a eles! Obrigada!


Seja Bem vindo!!

Independente de qual for sua religião ou crença, sendo Espírita, Católico, Protestante, Evangélico, Kardecista, Budista, entre outras. Aqui neste espaço você encontrará Paz e Luz...


"De a quem você ama: Asas para voar, Raízes para voltar e Motivos para ficar.”Dalai Lama



Minha Meta: Divulgar o candomblé de todas as maneiras possíveis, de forma simples, clara e objetiva e Minha Missão: Ajudar os necessitados sem perguntas, fazendo o bem sem olhar a quem... - Alda da Oxum

Seguidores


Aqui começa mais uma etapa da minha Vida, que quero compartilhar com você. Neste Blog, espero ajudar muitos amigos, parentes e irmãos... Serve para quem sabe muito, pouco ou nada sobre o espiritismo. Ou seja, o Blog também será feito por você, caso tenha alguma dúvida, informação, oração, matérias, ou qualquer assunto sobre Candomblé ou Umbanda, mande para mim, pois um dia alguém precisará e terá aqui no Blog a sua informação. Desde já muito obrigada pela visita, pela ajuda e pelo carinho!


“O Candomblé não é responsável pelos absurdos praticados em seu nome, assim como Jesus Cristo não é responsável pelos absurdos que foram e que são praticados em Seu nome e em nome de seu Evangelho”.

quarta-feira, 15 de agosto de 2012

ÀDÚRÀ OSUN




- Osun mo pé ó o! 
- N’ò pé o s’Ikú eni kankan 
- Béni n’ó s’árùn eni kankan, 
- Mo pé ó níní owo. - Mo pé ó sí níní omo, 
- Mo pé ó sí níní aláfià. 
- Mo pé ó sí òró. 
- Kí àwa má ríjà ami o, 
- Odoodún ní a mi orógbó. 
- Odoodún ní mí obi lóri àte o, 
- Odoodún ni ki wón ma rí wá o! 
- Bi a se, èyi ju bàyi lo, ni àmódún. 
- Òsun só wá, ki o máà sí wàbálà lárín àwa omo ré. 
- Kí ilé má jò wá. 
- Kí òna má nà wa o. 
- Pèsè àse fún wá o. 
- Eni ase àmódi ara. 
- Fun ní àláfià o. 
- Okó oba, àdá oba, kí ó ma sá wa lèsè o. 
- Kí àwa má rí Ogun idilé!
  
TRADUÇÃO:

- Oxum eu te chamo
- Não te chamo por causa da morte,
- Não te chamo por causa da doença de alguém.
- Eu te chamo para que tenhamos dinheiro.
- Eu te chamo para que tenhamos filhos. 
- Eu te chamo para que tenhamos saúde. 
- Eu te chamo para que tenhamos uma vida serena. 
- Para que não sejamos vitimados pela ira das águas. 
- Dizem que anualmente há orobôs na feira. 
- Dizem que anualmente há obís novos na feira. 
- Que as pessoas nos vejam todo o ano. 
- Do mesmo modo que fizemos tua festa, que possamos fazer outra melhor, no próximo ano.
- Oxum, nos proteja, para que não haja problemas entre nós, teus filhos.
 - Para que haja paz em nosso lar.
- Que nossos objetivos não se voltem contra nós. 
- Dá-nos axé! 
- À quem estiver doente, 
- Dá saúde! 
- Que as leis dos homens não sejam infringidas por nós. 
- Que não haja problemas em nossa família!


Abraços
Alda da Oxum

 

Nenhum comentário:

Orixás

Orixás

Agradecimento


click to create your own


”Bem amados, intensificai vossas orações para que vosso planeta e vossos irmãos possam superar todos os obstáculos que se apresentam neste momento de transição.”


Postagens populares