Aprendi que não temos limites para sermos felizes o importante mesmo é sempre buscar o que for necessário para essa felicidade que tanto procuramos, tudo depende de nós, só bastar querer! Agradeço aos meus santos e guias por que neles eu encontro uma felicidade muito especial e que através deles o meu contato com Deus e muito mais gratificante! A Casa da Estrela Guia é uma forma de agradecimento a eles! Obrigada!


Seja Bem vindo!!

Independente de qual for sua religião ou crença, sendo Espírita, Católico, Protestante, Evangélico, Kardecista, Budista, entre outras. Aqui neste espaço você encontrará Paz e Luz...


"De a quem você ama: Asas para voar, Raízes para voltar e Motivos para ficar.”Dalai Lama



Minha Meta: Divulgar o candomblé de todas as maneiras possíveis, de forma simples, clara e objetiva e Minha Missão: Ajudar os necessitados sem perguntas, fazendo o bem sem olhar a quem... - Alda da Oxum

Seguidores


Aqui começa mais uma etapa da minha Vida, que quero compartilhar com você. Neste Blog, espero ajudar muitos amigos, parentes e irmãos... Serve para quem sabe muito, pouco ou nada sobre o espiritismo. Ou seja, o Blog também será feito por você, caso tenha alguma dúvida, informação, oração, matérias, ou qualquer assunto sobre Candomblé ou Umbanda, mande para mim, pois um dia alguém precisará e terá aqui no Blog a sua informação. Desde já muito obrigada pela visita, pela ajuda e pelo carinho!


“O Candomblé não é responsável pelos absurdos praticados em seu nome, assim como Jesus Cristo não é responsável pelos absurdos que foram e que são praticados em Seu nome e em nome de seu Evangelho”.

segunda-feira, 30 de dezembro de 2013

Magia do Escalda-Pés



A vida agitada e o corre-corre do dia a dia faz com que ao final do expediente estejamos muito cansados. Normalmente uma das partes mais sofre são os pés, responsáveis pela sustentação de nosso corpo. Algo simples e sem mistérios – o escalda pés, uma receita da época de nossas avós, é ideal para combater a sensação de pés cansados e sofridos após um dia inteiro de trabalho. Também é possível – e recomendável – incluir sais de banho, ervas, óleos vegetais ou essenciais. Pode-se, ainda, diluir arnica para reduzir o inchaço ou acrescentar sal grosso para desintoxicação.

Nossos pés merecem cuidados especiais para manter a saúde, o bem-estar, bom humor e a boa aparência. Os pés, responsáveis por nosso caminhar, nem sempre recebem a atenção necessária e acabam sendo esquecidos. Aliás, se observarmos bem, há dias que nem prestamos atenção a partir dos joelhos para baixo. Isso ocorre por que há uma tendência natural em mantermos o excesso de energia yang concentrada na cabeça. E, segundo a medicina tradicional chinesa baseada na polaridade yin e yang, o escalda-pés auxilia a distribui essa energia yang (na cabeça) para a extremidade fria os pés (energia yin). Esse equilíbrio energético funciona muito bem quando se está literalmente de cabeça quente!
  
Esta prática relaxa, estimula a circulação, alivia o cansaço. O escalda-pés é um método que relaxa, e se associado as ervas têm efeito medicinal. As ervas estimulam a circulação sanguínea dos membros inferiores, alivia o estresse e o cansaço acumulado.

Esta prática milenar pode ocorrer da forma básica como mergulhar os pés em uma bacia que leva apenas água quente e sal que é indicado para reduzir o inchaço, e até fazer uso de receitas mais elaboradas. O escalda pés é um ótimo relaxante, feito em clínicas de estética, mas que você pode fazer em casa e ainda ser criativo(a) na elaboração.

Use bolinhas de gude, pedras ou mesmo grãos como feijão dentro da bacia onde fará o escalda pés, este terá o efeito como nas clínicas e aparelhos apropriados.

Ingredientes:

Bacia ou mini-ofurô
Água quente
Óleo essencial de lavanda ou alecrim
Sal grosso e bolinhas de gude ou grãos de feijão



Em uma bacia, ponha a água quente e coloque as bolinhas de gude ou grãos de feijão que servirão de estímulos para os pontos reflexos. Use 2 gotas de óleo essencial de lavanda, que tem propriedades relaxantes, e 2 gotas de óleo essencial de alecrim, que além de revigorar, ira desodorizar os pés que ficarão com uma agradável sensação de frescor. Coloque os pés na água e, em seguida, acrescente o sal grosso, que ativará a circulação. Deixe os pés por 20 minutos e alterne relaxamento com fricção dos pés (esfregue um no outro). Enxugue bem os pés e promova uma breve massagem para que o relaxamento seja completo.

Esta receita tradicional ajuda a aliviar a pressão dos pés, descansar as pernas, reduzir calos e aliviar o stress do dia-a-dia. Mas ela vai além, pois de acordo com a técnica chinesa da acupuntura, nos pés estão cerca de 70 mil terminações ou pontos nervosos que estão associados aos diversos órgãos do corpo humano. A pressão e o aquecimento desses pontos causam um reflexo imediato no equilíbrio energético de todo o corpo.

Algumas Dicas

- Temperatura: entre 37ºC a 38ºC
- Óleo essencial: pingue algumas gotas na água da bacia. Essências de eucalipto e menta combatem cansaço e livram as pernas da sensação de peso. Também curam frieiras, pois são fungicidas, bactericidas e cicatrizantes.
- Sal:  duas colheres de sopa de sal na água quente proporcionam sensação de leveza nos pés, pois ajudam a drenar o excesso de líquidos e reduzir o inchaço. Repetir esse escalda-pés três vezes por semana também combate infecções causadas por fungos.

O escalda-pés tradicional é composto por uma tina de carvalho com água quente, na qual são adicionadas ervas relacionadas ao tipo de tratamento que a pessoa quer fazer. As ervas e sais adicionados referem-se a quais tipos de dores a pessoa sente e se quer tratamento relaxante ou estimulante.

Essências Indicadas para:

Para diminuir a dor - arnica
Para combater frieiras – calêndula e manjericão (são ervas anti-sépticas e antibactericidas)
Para dores nas articulações – guine 
Para ativar a circulação – arruda
Para diminuir os edemas – sal grosso
Para estimular – cravo, canela e alecrim 
Para relaxar, estimular o sono – lavanda, erva cidreira e camomila
para combater cansaço e livram as pernas da sensação de peso – eucalipto e menta
Para dores musculares – lavanda, hortelã-pimenta, cipreste
Para varizes – cipreste e limão


O tratamento deve ser feito pelo menos duas vezes por semana, de preferência à noite, quando podem ser adicionadas as folhas que favorecem o sono, e os pés devem ficar submersos por cerca de cinco minutos.

Abraços
Alda da Oxum

 

Nenhum comentário:

Orixás

Orixás

Agradecimento


click to create your own


”Bem amados, intensificai vossas orações para que vosso planeta e vossos irmãos possam superar todos os obstáculos que se apresentam neste momento de transição.”


Postagens populares